O pouso

Suas asas batem mais rápido do que o seu pensamento
Seus olhos, piscam clareando a escuridão
Seu andar, quase de salto em salto
Pousando em flores dos jardins do coração
Pequena, esperta, meiga…

Voando, sonhando… ohhh sonhando…

Eu, a observar, não sei se me emociono
Não sei se a invejo, pois em suas asas
A felicidade reina, pura felicidade, ingênua felicidade
E ao pousar em uma flor para descansar
O beija-flor cheio de amor
Uma lágrima dos meus olhos faz rolar…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: